quarta-feira, 22 de abril de 2009

TRAVESTIDO

As metáforas, em Português, são uma coisa poderosa.

Não é avisado recorrer a elas com aquela inconsciência de quem manda um fax para a cadeira de inglês técnico.

E se eu disser que um chico, perdão, um zé "travestido" de primeiro-ministro esteve ontem à noite na televisão?

Não poderá ser esta uma metáfora melhor do que a dele?

3 comentários:

Anónimo disse...

Milan Kundera escreveu

"Com as metáforas não se brinca. O amor pode nascer de uma única metáfora."

Se Kundera fosse português e jornalista reescreveria a frase de outra maneira.

Anónimo disse...

Seria engraçado ver, na próxima 6ª feira, a Manuela apresentar-se vestida de homem.

Vitor Soares Maganinho disse...

A Manela??? Eu preferia ver a senhora F, sempre era mais consistente...